O Selo Europeu para as Línguas

O Selo Europeu de Línguas (ELL) é uma certificação de qualidade concebida para reconhecer e incentivar o domínio do ensino e aprendizagem das línguas, destacar novas metodologias no ensino de línguas, e disseminar o conhecimento das línguas, promovendo boas práticas.

Todos os anos, o Selo Europeu para as Línguas (ELL) é atribuído aos projetos de aprendizagem de línguas mais inovadores em cada país. Ao apoiar esses projetos, a nível local, regional e nacional, o ELL visa elevar os padrões de ensino de línguas na Europa.

 

 

RESULTADOS DO CONCURSO 2016

ABERTURA DO CONCURSO 2016

O concurso do Selo Europeu desafia todos os entusiastas que trabalham e desenvolvem projetos na área do ensino/aprendizagem das línguas, permitindo-lhes, através do concurso, dar maior visibilidade aos seus projetos e trabalho desenvolvido.
Os coordenadores de projetos premiados em edições anteriores descrevem esta experiência como muito motivadora, inspiradora para novos desafios e até com repercussão nas suas vidas.
Venha descobrir por si o que pode acontecer, ao apresentar o seu projeto ao concurso Selo Europeu 2016.
Todas as línguas são elegíveis, europeias ou não, oficiais ou regionais.




Regulamento

Prioridades


Formulário

 

RESULTADOS DO CONCURSO 2014

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2013
Concurso Nacional | 15ª Edição – 2013

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2013

Projecto: Photography as a Pedagogical Tool (P&P)
 
Coordenadora: Maria da Piedade Carvalho da Silva
 
Instituição: Agrupamento de Escolas de Sátão
 
Língua-Alvo: EN
 
O objectivo prioritário do projecto tem sido aumentar a motivação dos alunos do 3º ciclo até ao 12º ano, ou seja, na aprendizagem de língua estrangeira sob uma perspectiva multicultural e interdisciplinar. O projecto reuniu mais de 500 alunos e mais de 100 professores. Todos os professores e alunos envolveram-se activamente em busca de soluções pedagógicas, utilizando as TIC e a fotografia como recursos principais. Desenvolveram um trabalho colaborativo e entre os resultados encontram-se: um logotipo, um hino do projecto; quebra-cabeças, calendários de parede; exposições multilíngues sobre diferentes assuntos; um jogo interactivo (“Quem quer ser um génio da língua”), o manual do projecto. Todos eles podem ser vistos nos sites referidos na Base de Dados do Selo Europeu.
Através de uma abordagem de aprendizagem activa, em que a fotografia e as TIC foram utilizadas como ferramentas pedagógicas, contribuiu, assim, para convergir os interesses das escolas parceiras, numa forma diferente e inovadora de promover o ensino / aprendizagem.
Este projecto faz parte de uma rede europeia, o que permitiu a criação de uma verdadeira comunidade de aprendizagem multicultural e multilíngue.
O uso da fotografia permitiu a professores e alunos abrir novos horizontes superando as metodologias pedagógicas tradicionais.
A monitorização e avaliação regulares ao longo do ciclo de vida do projecto permitiram a validação dos resultados principais. A avaliação do impacto destacou o trabalho colaborativo desenvolvido pelos professores de diferentes disciplinas e alunos de diferentes anos.
Como consequência das aulas de língua estrangeira do projecto, outras disciplinas alcançaram uma dimensão multilingue e multicultural. Nós sugerimos a consultar do website do projecto. A maioria das actividades pode ser transferida para qualquer outro contexto.
 
 
 
Projecto: Kiitos – Projecto de iniciação ao Inglês e orientação Musical no pré-escolar
 
Coordenadora: Susana Isabel Pita Esculcas e Carla Paula Carvalho Rocha
 
Instituição: Câmara Municipal de Ponte de Sor
 
Língua-Alvo: EN
 
Kiitos é um projecto de ensino precoce de línguas que engloba a educação musical para crianças do pré-escolar. Foi desenvolvido ao longo dos últimos oito anos pelas escolas públicas de um município e o projecto inspirou-se na rede do pré-escolar da área de Helsínquia (FI). Em Portugal, foi promovido pela Câmara Municipal de Ponte de Sor Freguesia. Os principais resultados mostram uma melhoria significativa nas competências orais, no sotaque e na compreensão da oralidade.
As abordagens metodológicas foram: a abordagem natural, a imersão e Total Physical Response. O apoio cognitivo ao processo de aprendizagem baseou-se no conceito de “andaimes” (scaffolding). O projecto acabou por ser totalmente motivador.
Os resultados alcançados são: as crianças são mais espontâneas e mostram maior autonomia nas competências de comunicação; mais de 94 % das crianças estão interessados em aprender Inglês e o seu comportamento melhorou; 70% das crianças compreendeu e utiliza o vocabular ensinado. Quase metade das crianças comunica espontaneamente e interage com seus colegas de escola e com a professora de Inglês, no ambiente de sala de aula.
 
 
 

MENÇÃO HONROSA – 2013

 
Projeto: English Web
 
Coordenadora: Vera Lúcia Lazana
 
Instituição: Câmara Municipal de Évora
 
Línguas-Alvo: EN

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2012
Concurso Nacional | 14ª Edição – 2012

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2012

Projecto: Leiria Language Exchange /SPEAK
Coordenadora: Maria Otília Gaspar Aguiar
 
Instituição: Associação fazer Avançar
 
Língua-Alvo: DE / EN/ FR / PT / ES / PL / RU e Mandarim
 
LLE / SPEAK é um projecto dirigido para promover a integração cultural e linguística, e facilitar encontros culturais. A Associação, que implementou o projecto desempenha um papel activo na luta contra a exclusão social dos imigrantes. Os participantes do projecto deram a resposta para as necessidades identificadas. Eles aprenderam e compartilharam línguas e culturas, levando uma atitude tolerante para suas casas, suas famílias e amigos. Os idiomas envolvidos foram: PT; EN; ES; DE; FR; PL; russo e mandarim. Os cursos de línguas para adultos e crianças foram orientados por tutores/falantes nativos. A metodologia foi baseada numa abordagem funcional. Todo o material pedagógico foi desenvolvido pelos professores, nomeadamente, por tutoria on-line. O projecto foi monitorizado pelos professores, os resultados obtidos foram avaliados, assim como, o impacto. O projecto foi implementado pela primeira vez em Leiria, uma cidade no centro de Portugal e já está sendo implementado em Lisboa e fora de Portugal, em Dublin. A campanha de divulgação e marketing foi cuidadosamente planeada: artigos de jornal, programas de rádio, folhetos, internet e redes sociais.
 
 
Projecto: Six Teen Stories –
 
Coordenadora: Maria José Barbosa
 
Instituição: Escola Secundária de Vila Verde (Braga)
 
Língua-Alvo: EN
 
Este projecto centra-se na competência da escrita como um factor determinante para o sucesso académico. Reunir escrita e criatividade para ganhar auto-confiança foi um dos objectivos do projecto. Ao melhorar as competências da escrita, a fluência oral também foi melhorada. Além disso, através da oficina de escrita também foi desenvolvida a colaboração da equipe. Foram escritas seis histórias, os temas abordados de acordo com o plano de estudos do ensino secundário foram em torno da cidadania (multiculturalismo, bullying, os perigos da internet, a sociedade de consumo). Após a conclusão das histórias dando origem a um livro, todos elas foram dramatizadas em palco, apenas uma foi gravada em DVD, mas as restantes cinco vão ser gravadas. As histórias foram dramatizadas pelos alunos para a comunidade escolar. Estas dramatizações também podem ser utilizadas como material pedagógico no próximo ano lectivo. Os DVDs permitem os alunos de outras escolas possam beneficiar deste projecto. Alunos e professores sentiram-se todos extremamente motivados. As oficinas tiveram a duração de 90 minutos e realizavam-se quinzenalmente. O projecto está a ser divulgado no palco de outras escolas da região. Esta escola Portuguesa tem uma parceria com uma polaca e o projecto vai ser apresentado na Polónia ainda este ano.
 
 
Projecto: PEK, the Traveller Flea
 
Coordenadora: Lina Maria Pereira
 
Instituição: Escola Secundária
 
Língua-Alvo: EN
 
O projecto visa promover a dimensão europeia através da aprendizagem de línguas e culturas de uma forma engraçada, atraente e motivadora. Os alunos foram agrupados em equipas transnacionais e através de uma abordagem colaborativa produziram sete histórias, em que o mesmo personagem, PEK, viaja por vários países europeus enfrentando situações reais e divertidas. Os alunos também produziram sete bandas desenhadas, uma para cada história. O produto final foi um livro de banda desenhada multilingue. A língua de trabalho foi o EN, mas as histórias foram escritas em nove línguas europeias diferentes (dos países envolvidos) e publicadas como livro, em formato PDF e na web. Através das TIC houve contactos regulares entre os alunos, facto que foi extremamente motivador não só para eles, mas também para os professores. A sensibilização e curiosidade para outras línguas (menos utilizadas e menos ensinadas-LOMUME) envolvidas no projecto também foi uma mais-valia. Para integrar esse projecto no currículo escolar não é uma tarefa difícil, pode ser facilmente realizado em cooperação com outras disciplinas, tais como: história, geografia, TIC e Artes. Tratando-se de um projecto eTwinning os resultados foram divulgados sobretudo com recurso às TIC, através de vários links.

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2011
Concurso Nacional | 13ª Edição – 2011

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2011

Projeto: À Conversa com Craig Mello
 
Coordenadora: Dr.ª Délia Maria Melo
 
Instituição: Colégio do Castanheiro – Ponta Delgada – AÇORES
 
Língua-alvo: Inglês – Ensino Secundário
 
Síntese: Promover uma videoconferência com o Nobel da Medicina, área de interesse dos alunos, pretendeu-se desenvolver a expressão oral em contexto real. O tópico abordado foi “O Mundo do Trabalho”. O projeto consistiu em toda a preparação da videoconferência, da conferência propriamente dita e organizar a receção do laureado ao colégio. Facto que ocorreu meses mais tarde. O fator de contexto real foi dos elementos mais motivadores para todo o trabalho desenvolvido. Os alunos progrediram na competência selecionada.
 
 
Projeto: Cada Aluno por Horizonte – uma Metodologia Inovadora para o Ensino das Línguas
 
Coordenadora: Dr.ª Bárbara Margarida Tavares
 
Instituição: Colégio Vizela – Caldas de Vizela
 
Línguas-alvo: Inglês e Espanhol – Ensino Pré-escolar e básico
 
Síntese: O projeto visa que cada aluno adquira autonomia linguística numa língua estrangeira. Os resultados atingidos correspondem às expectativas. Os alunos distribuem-se por áreas de interesse, nomeadamente: espaço Da Vinci (espaço de aprendizagem autónoma); Kasparov (espaço lúdico); Fernando Pessoa (espaço de leitura) e Oficina da Língua (espaço para desenvolvimento de competências como a compreensão, produção e interação oral e escrita). O projeto beneficiou de contactos transnacionais, mas não é nosso beneficiário.
 
 
Projeto: Hook Up! Campus Europae Foreign Language Learning Gateway (Portuguese)
 
Coordenadora: Dr.ª Filomena Barbosa Amorim
 
Instituição: Departº Línguas e Culturas – Universidade de Aveiro
 
Línguas-alvo: 12 línguas europeias
 
Síntese: O projeto-piloto foi desenvolvido entre 2008 e 2010 Erasmus- EVC, coordenado pelo Luxemburgo. O presente projeto foi concebido pra apoiar e consolidar a mobilidade estudantil no contexto europeu, em termos de aprendizagem de línguas e culturas. Visa promover a aprendizagem de línguas europeias menos faladas e aprendidas e contribuir para desenvolver uma identidade europeia baseada no multilinguismo e no pluriculturalismo. O projeto oferece 4 níveis de aprendizagem do A1 ao B2. Encontra-se disponível para estudantes Erasmus e da rede Campus Europae.

 

PRÉMIOS DO SELO EUROPEU 2010
Concurso Nacional | 12ª Edição – 2010

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2010

Projeto: Secção Europeia de Língua Francesa
 
Instituição: Instituição: Escola Básica 2,3 Bento Carqueja
 
Responsáveis: Maria Isabel Dias Ferreira
 
Síntese: Projecto dirigido a alunos e formandos dos cursos do ensino secundário e dos cursos profissionais.
 
Descrição: “Este projecto preenche todos os critérios exigidos, com uma qualidade substancial, quando comparado com os outros. O Júri deliberou a atribuição do Selo Europeu para as Iniciativas Inovadoras na Área do Ensino/Aprendizagem das Línguas 2010 a este projecto por abrir uma verdadeira dimensão europeia para o estabelecimento de ensino e por criar novas perspectivas nas relações com outras escolas. “ (Júri Nacional)
 
Objectivos: Melhorar a aprendizagem das Línguas estrangeiras, promover a diversidade linguística e cultural, intensificar o intercâmbio de alunos e criar condições para a mobilidade profissional
 
Metodologia: Esta estratégia foi aplicada no 3º ciclo do EB, através de um reforço semanal de 45 minutos e de uma aula de 45 minutos em CLIL (História).
 
Realizaram uma visita de estudo ao Parlamento Europeu com o apoio de uma eurodeputada portuguesa; mantiveram correspondência com alunos de outros países da EU e realizaram-se videoconferências bilaterais nas comemorações do Dia Mundial da Terra.
 
Realizaram um sarau todo falado em francês.
 
A turma de 9º ano realizou o exame DELF.
 
Envolveu-se a comunidade escolar através da imprensa local, do site da escola, sessões de divulgação.
 
Este projecto teve ainda o apoio da Embaixada de França em Portugal, sobretudo no apoio dado à formação de docentes.
 
 
 
 

MENÇÃO HONROSA – 2010

 
Projeto: Turma Bilingue (Cabo-verdiano/Português)
 
Coordenadora: Dulce Pereira
 
Instituição: Instituto de Linguística Teórica e Computacional
 
Línguas-Alvo: PT
 
Projecto muito original e criativo, potencialmente muito transferível.

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2009
Concurso Nacional | 11ª Edição – 2009

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2009

Projecto Premiado: LOA – Learning from/with One Another
 
Instituição: Escola Secundária Frei Rosa Viterbo
 
Responsáveis: Maria da Piedade Carvalho da Silva
 
Síntese: Projecto dirigido a alunos e formandos dos cursos do ensino secundário e dos cursos profissionais.
 
Descrição: O projecto desenvolve um modelo de ensino de línguas baseado na implementação da comunicação intercultural, suportado pelas TIC e no trabalho colaborativo e cooperativo numa dimensão transcultural.
 
O projecto contribuiu também para a promoção da cidadania crítica e interventiva.
 
O carácter inovador consiste na sua integração curricular como estratégia do ensino de línguas e na implementação do trabalho colaborativo transcultural. No âmbito do projecto foi elaborado um dossier pedagógico para cursos profissionais.
 
O projecto apresentou ainda uma outra vertente, que consistiu em demonstrar a muitos docentes as potencialidades pedagógicas das TIC e a sua eficácia na melhoria da aprendizagem dos alunos, procurando dar resposta ao problema do insucesso na área da aprendizagem de línguas estrangeiras.
 
Este projecto serviu para testar o impacto da implementação de um projecto de parceria eTwinning assente no trabalho colaborativo e na comunicação intercultural.
 
Para ter acesso aos resultados do trabalho colaborativo dever-se-á aceder à página do programa eTwinning: www.etwinning.net; entrar com o login: convidado especial e para obter a palavra-passe deverá contactar o coordenador.

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2008
Concurso Nacional | 10ª Edição – 2008

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2008

Projecto Premiado: STEPS – Support for Teaching English in Primary Schools
 
Instituição: Faculdade de Letras da Universidade do Porto – Departamento de Estudos Anglo-Americanos Responsáveis: Maria de Fátima de Melo Costa e Maria Ellison
 
Síntese: Projecto dirigido à formação de professores de LE (Inglês) para o 1º ciclo. Visa dar resposta a uma necessidade nacional.
 
Descrição: O projecto foi concebido pelo Departamento de Estudos Anglo-Americanos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e aposta na promoção do ensino colaborativo. O projecto além de ser vocacionado para a didáctica de uma LE (ensino precoce), promove igualmente o desenvolvimento de outros projectos de colaboração e intersecção entre diferentes áreas curriculares (CLIL), permitindo aos alunos a aquisição de competências noutras áreas curriculares.
 
Os professores receberam acções de formação específicas, com os seguintes temas: literatura para a infância, utilização do manual e dislexia.
 
No plano das TIC, foi criada uma plataforma WebCT que facilita a comunicação entre todos os docentes; esta plataforma proporciona a partilha dos conteúdos desenvolvidos e dos materiais de apoio utilizados.
 
No fim do ano, com a organização do espectáculo, toda a comunidade educativa é mobilizada para participar, esta interactividade visa desenvolver a ligação didáctica que é desejável que se estabeleça entre os alunos e os pais. Esta festa conta igualmente com o apoio da Câmara Municipal do Porto; algumas escolas organizam também a “Festa do Fim do Ano”.
 
O projecto procede ainda a reuniões regulares; planificação e avaliação mensais sob a orientação da coordenadora.

 

PRÉMIOS SELO EUROPEU 2007
Concurso Nacional | 9ª Edição – 2007

+ PROJECTOS PREMIADOS EM 2007

Projecto Premiado: Jazz mataz – Music and Fun Instituição: The Kids Club – Fun Languages Responsável: Maria Isabel Salema Garção
 
Síntese: Projecto vocacionado para o ensino precoce do Inglês, apresenta uma abordagem motivadora, abarcando diversas competências: as competências comunicativas, principalmente as de expressão e de compreensão orais, bem como as visuais e físicas. Tendo em consideração a idade do grupo-alvo é dada particular ênfase às competências orais. Jogos, canções e expressão física são actividades às quais é dada particular importância. São utilizados diversos materiais áudio, impresso e meios audiovisuais.
 
Descrição: Este projecto foi especialmente concebido para crianças entre os 3 e os 5 anos com o objective de usar a música na aquisição de uma nova língua e como estímulo para o desenvolvimento da criança. As crianças aprendem a participar em grupo, partilhar e esperar a sua vez, desenvolver a capacidade de concentração e audição. Como resultado as crianças aumentam a sua autoconfiança e aprendem uma nova língua de forma descontraída e natural. As actividades estão organizadas por temas e cada um deles é desenvolvido através de diversas actividades: jogos, canções, dança, rimas.
 
Os objectivos principais são: ensinar uma nova língua e a aquisição da pronúncia; desenvolver a audição e o gosto musical, levando as crianças a descobrir e a explorar instrumentos musicais. A aprendizagem da nova língua é feita de forma descontraída e informal, além de ir enriquecendo o seu universo cultural ao aprender músicas tradicionais infantis inglesas.
 
A metodologia usada é o Total Physical Response Method – Natural Approach. Este curso privilegia o uso da música como método essencial para o ensino precoce de uma língua estrangeira.
 
Aos professores é dada formação musical por especialistas, por forma a ficarem familiarizados com os diversos instrumentos, os signos musicais, as leituras rítmicas e estabelecerem a ligação som-língua.
 
Um dos aspectos inovadores deste curso é o facto de incentivar a participação dos pais no decorrer das sessões. Esta interactividade visa desenvolver a ligação entre a comunicação e afectividade, que facilita o processo de aprendizagem.