Buscar

Cartão Europeu de Estudante


Portugal é um dos nove países a fazer parte do projeto experimental do Cartão Europeu de Estudante (European Student Card ou Plataforma ESC), através de três intuições de Ensino Superior, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, o Instituto Politécnico do Porto e a Universidade de Évora.

Nesta fase experimental, está apenas disponível na Alemanha, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo e Portugal.

Esta nova plataforma foi desenvolvida no âmbito de um projeto Erasmus+, com o objetivo de estabelecer uma nova forma de comunicação e partilha de informação entre as Instituições de Ensino Superior na Europa e o reconhecimento, em qualquer lugar, da identidade e situação de mobilidade do estudante.

Com este serviço, os estudantes vêm reconhecido o seu estatuto de aluno em mobilidade, o que lhes garante o acesso a um leque de serviços sem necessidade de apresentação de qualquer outro identificação ou de se apresentarem presencialmente em qualquer balcão.

A fase experimental durará dois anos e oferecerá estes serviços:

  • Organização das mobilidades Erasmus entre instituições e para os alunos através de procedimentos sem papel;

  • O reconhecimento da situação de mobilidade e identidade do estudante;

  • O acesso a espaços universitários controlados, como campus, bibliotecas, serviços que requerem pagamentos, como restaurantes, cafetarias, maquinas de vendas, lavandarias;

  • A partilha e transferência dos resultados dos alunos;

Após o período experimental, os restantes Estados Membros serão convidados a adotar o ESC.