Buscar

Educação e formação na Europa: Estados-Membros registam progressos



A edição de 2018 do Monitor da Educação e da Formação da Comissão Europeia, publicada no dia 16 outubro, considera que os Estados-Membros registaram novos progressos nas metas que a UE fixou para 2020.


A última edição do Monitor mostra que os Estados-Membros registaram novos progressos no sentido da realização dos objetivos de reforma e modernização dos sistemas educativos que a própria UE se fixou para 2020, tendo atingido ou estando prestes a atingir alguns deles, apesar de, subsistirem diferenças entre os países e o interior dos mesmos.


São exemplo disso os resultados obtidos em competências de base, em que são necessários maiores esforços para garantir que os jovens aprendem a ler, escrever e a usar a matemática corretamente — uma condição prévia para se tornarem cidadãos ativos e responsáveis.


A percentagem de alunos que abandonam a escola sem diploma caiu para 10,6 % em 2017, um valor muito próximo do objetivo de menos de 10 % até 2020. A leitura deste indicador revela que mais de um em cada dez alunos enfrenta perspetivas difíceis para prosseguir os estudos ou para integrar o mercado de trabalho, nomeadamente devido ao menor número de oportunidades disponíveis na educação de adultos.


O Monitor, a publicação anual emblemática da UE sobre educação e formação, é um elemento importante deste trabalho. Ler a notícia completa