Buscar

Ensino na Primeira Infância


A 2ª Publicação Eurydice disponibiliza informação sobre os cuidados e o ensino na primeira infância na Europa.

Trata-se de um trabalho comparativo internacional, estruturado em torno de cinco dimensões qualitativas da governança: acesso ao ensino, pessoal docente e não docente, diretrizes educacionais, avaliação e monitorização.

Na Europa, a maioria das crianças inicia o 1º ciclo por volta dos 6 anos uma vez que, na generalidade dos países, a acessibilidade ao ensino público é consideravelmente melhor para as crianças mais velhas.

Atualmente, 31 milhões de crianças com menos de 6 anos são potenciais utilizadores do ensino pré-escolar, mas apenas 34%, ou aproximadamente 5 milhões de crianças com menos de 3 anos, frequentam o ensino pré-escolar.

Apenas sete Estados-Membros da UE (Dinamarca, Alemanha, Estónia, Letónia, Eslovénia, Finlândia e Suécia), bem como a Noruega, incluem financiamento no Orçamento de Estado para garantir acesso ao sistema público de ensino a cada criança na primeira-infância.