Buscar

No ensino superior não é o mérito que comanda as contratações


Estudo da Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência vem confirmar a existência de endogamia académica nas universidades portuguesas. “Nos concursos institucionais para posições académicas, os candidatos internos à instituição prevalecem sistematicamente”, conclui.


Para ler mais clique aqui.